Português

A revolução dos absorventes femininos se espalha no Nepal - Blanche Pautet, traduzido por Bárbara Angelli | 11/03/2015

Na região de Dhading, a uma hora de Kathmandu, a escola de Khanikhola está acessível às crianças mais pobres. Em outubro passado, ela organizou a distribuição de kits para a higiene feminina. É a oportunidade de promover um novo tipo de absorventes. Práticos e ecológicos, eles abrem às nepalesas o caminho da independência. «Pegamos uma sacola. Colocamos sabão, uma calcinha, e uma pequena toalha para secar.. Finalmente, adicionamos quatro absorventes reutilizáveis e dois ‘sanitary pads’ ». Carol...

A situação síria no início do quarto ano de conflito - Mathilde l’Hôte, traduzido por Edna Vieira | 10/03/2015

A Síria entra no seu quarto ano de conflito depois de viver, em 2014, o seu ano mais fatal. Esta conclusão foi feita por um relatório do Observatório Sírio dos Direitos Hu-manos, do 1º de janeiro de 2015. Com 76.000 mortes, 3.000 a mais que em 2013, o nú-mero total de vítimas sobe hoje para mais de 200.000 desde 2011. É difícil de se aper-ceber exactamente do perfil das vítimas, parece que toda a população é afetada. Em par-ticular os civis, pelo menos 17.790 teriam morrido no ano passado....

China: governo procura por doadores de órgãos, prisioneiros são poupados - Justine Jankowski, traduzido por Edna Vieira | 08/03/2015

O governo chinês anunciou o fim da coleta de órgãos de prisioneiros a partir de janeiro de 2015. Mas a doação de órgãos não é uma prática difundida na China. Os poderes públicos terão que encontrar novos doadores.  Dois terços dos órgãos transplantados na China vêm, atualmente, de prisioneiros condenados à morte, de acordo com estimativas oficiais. Se não é coletado de um condenado, será, nove em dez vezes, de um prisioneiro. Desde a regulamentação de 1984, na China, a remoção de órgãos de...

Estados Unidos: um veterano da guerra do Afeganistão relembra a sua experiência (2/2) - Escrito por Marine Mulcey, traduzido por Déborah Spatz | 07/03/2015

No dia 31 de dezembro de 2014, após 13 anos de confronto, a OTAN deu fim ao seu envolvimento no Afeganistão passando a responsabilidade ao exército afegão. Menos mediatizada que os combates iraquianos mas também resultando da “batalha contra o terror” da administração Bush, a guerra do Afeganistão fez cerca de 90 000 vítimas, entre elas 2356 soldados norte-americanos. Inicialmente, ela era uma resposta aos atentados do 11 de setembro. Enquanto muitas vezes ouvimos os oponentes ou as vítimas...

Azerbaijão, Petróleo e Direitos Humanos - Marine Betrancourt, presidente da AEGEE-Lyon - Traduzido por Bárbara Angelli | 06/03/2015

Nos últimos anos, o Azerbaijão parece estar fora das sombras do seu Cáucaso distante. Rico em recursos naturais e mantido sob punho de ferro durante décadas pelo clã Aliyev, a pequena república aproveita cada oportunidade para ganhar visibilidade internacional e mostrar a sua melhor face para o mundo. Em 2011, todos os olhos estavam em Bacu, a capital, uma vez que sediou o Festival Eurovisão da Canção. Nesta ocasião, todo o centro da cidade tinha sido reformado. Oficialmente, 76 milhões dólares...

Estados Unidos: um veterano da guerra no Afganistão volta a sua experiência (1/2) - Marine Mulcey, Traduzido por Mayca Fernandes Santos | 05/03/2015

31 de dezembro de 2014, após 13 anos de luta, a OTAN termina seu envolvimento no Afeganistão, e deixa a responsabilidade para o exército afegão. Menos divulgado que os combates iraquianos, mas depois da "batalha contra o terror" no governo Bush, a guerra no Afeganistão tem cerca de 90.000 pessoas, incluindo 2.356 soldados norte-americanos. Originalmente, era uma resposta aos ataques de 11 de setembro. Embora muitas vezes ouvimos adversários e vítimas a depor sobre a guerra, alguns raros são os...

Colômbia : os « Ningún nombre », cadáveres adotados - Justine Rodier, traduzido por Bárbara Angelli | 04/03/2015

Durante várias décadas, os corpos à deriva no Magdalena são apanhados por desconhecidos que se esforçam para conceder-lhes um enterro. Muitas vítimas, mortas e jogadas no rio, encontraram uma segunda família após serem abandonadas e esquecidas: explicação de uma prática nada padrão. Todos os dias, o Magdalena, principal rio da Colômbia, ao longo de seus 1,500 km, transporta cadáveres. Todos os dias os corpos são recolhidos na costa por pescadores. E todos os dias os habitantes das aldeias...

Turquia: Uma prisão gay “contra as discriminações” - Valentin Berthoux, traduzido por Déborah Spatz | 01/03/2015

O ministério da Justiça iniciou a edificação de uma prisão exclusivamente para os LGBTs perto de Izmir, a terceira cidade do país, no oeste da Turquia. Esta decisão, um pouco surpreendente, tem como objetivo solucionar os problemas de discriminação enfrentados por pessoas lésbicas, gays, bi e transsexuais nas prisões turcas. Todos os LGBTs presos e condenados serão encarcerados nesta nova construção. Hoje em dia, a vida dos detentos LGBTs nas penitenciárias turcas parece um pesadelo. Estes são...

A reciprocidade da radicalização: a raça mais forte na Somália - Salomé Ietter, traduzido por Barbara Angelli | 28/02/2015

Sendo completamente remodelado, o desafio da nova equipe de governo somali trará paz a um país devastado por 20 anos de guerra civil contínua. Em outras palavras, ganhar a guerra contra a Al-Shabab, o principal grupo islâmico de oposição ao regime. Um desafio redundante, cujas chances de sucesso parecem escassas frente à corrupção endêmica e a reduzida legitimidade que agravam a obsolescência da luta contra o terrorismo. Mogadíscio, Sábado, 10 de janeiro de 14h. Os ministros das Relações...

Olivier Cadic : senador à britânica - Fabien Aufrechter et Benoît Prevost-Voïta, traduzido por Raísa Inocêncio | 27/02/2015

Self-made man (autodidata) na indústria de informática e em seguida numa revista em quadrinhos, Olivier Cadic é um homem de negócios francês que fez a escolha de se exilar na Grã-Bretanha. Senador UDI dos Franceses estabeleceu-se fora de França desde as últimas eleições, e é no palácio de Luxembourg que ele recebeu o Jornal Internacional para compartilhar seu olhar de francês sobre seu país de residência. «Eu não parti para a Inglaterra por escolha, mas por pragmatismo». É de fato, pelo seu...
1 ... « 4 5 6 7 8 9 10 » ... 14